(67) 3029.8464

30 de Março de 2015

Vinho: uma delícia de bebida e boa para a nossa saúde

Vinho faz bem para a circulação sanguína, isso é fato. Vinho não engorda… não é bem assim. Algumas pessoas consideram o vinho como um remédio, e até usam disso para beber cada vez mais. Outras, no entanto, evitam consumi-lo por possui um teor alcoólico bem maior do que a cerveja. Verdade seja dita, vinho é uma bebida alcoólica, e como tal tem seus riscos. Mas também traz muitos benefícios à saúde quando consumido da maneira correta e na quantidade certa.

Segundo pesquisas da Sociedade Europeia de Cardiologia, basta uma taça diária para diminuir em pelo menos 11 % o risco de infecção por bactérias que causam uma série de doenças, como úlceras, gastrites, e muitos tipos de câncer. Isso sem falar que o vinho é a única bebida alcoólica que não afeta o sistema imune - na quantidade certa!

Veja mais informações sobre o vinho:

- De acordo com estudos de universidades americanas e suecas, beber moderadamente, principalmente em idades mais maduras (a partir dos 40), fortalece os ossos, veias e artérias, prevenindo muitos problemas que podem surgir no futuro (como osteoporose e varizes).



- Dentre todas as bebidas alcoólicas, o vinho é a bebida é que tem menos calorias, se bebido moderadamente. Um estudo dos epidemiologistas da University of Buffalo relata que os que haviam consumido vinho nos últimos 30 dias apresentaram menor tamanho abdominal. E talvez o melhor de tudo, o teor alcoólico do vinho - nem tão baixo quanto o de uma cerveja, nem tão alto quanto dos destilados - encoraja o corpo a queimar calorias por até 90 minutos depois de beber!

- Experimentos de laboratório da Universidade de Alberta, no Canadá, mostram que duas taças de vinho por dia aumentam o colesterol bom e diminuem o ruim. Mas não basta beber - para que faça efeito, é preciso se mexer, caminhar e fazer exercícios.

- Beber moderadamente por anos deixa mais lenta a degeneração da retina e ainda previne os riscos de cegueira.



- O vinho ajuda a preservar a memória mesmo na terceira idade, isso porque,  de acordo com o setor médico da Universidade do Arizona, o vinho previne a coagulação do sangue e reduz a inflamação dos vasos, ambos relacionados ao declínio de memória.

Que tal reunir seus amigos e sua família para degustar um delicioso vinho? Lembrando: beba sempre com moderação.



Por Rafa dos Santos
Sonoma

*Agradecemos a parceria da Plaenge, junto à Fernanda Dorval, responsável pelo Marketing Digital.

 

Voltar
  • Compartilhe
  • Compartilhar

Instagram

Facebook