(67) 3029.8464

08 de Agosto de 2013

Aprenda a escolher um vinho para servir no almoço de Dia dos Pais

Três sommeliers dão dicas para harmonizar a bebida com diferentes pratos. Especialistas também recomendam vinhos para servir com sobremesas.
 
Se você ainda não escolheu um presente para seu pai, que tal pensar em algo que vai agradá-lo e também deixar o almoço de Dia dos Pais mais gostoso? A reportagem do G1 ouviu três especialistas sobre dicas de harmonização de vinhos com pratos comuns dos almoços em família, como carne, peixe e massa. Além disso, há sugestões de vinhos para sobremesa.
 
Veja abaixo as dicas dos sommeliers Tiago Locatelli, Rodrigo Sobral e da sommelière Khátia Martins.
 
Carnes
“Vinho tinto é, de longe, o mais indicado para carnes”, explica o sommelier Tiago Locatelli. A sommelière Khátia Martins concorda e explica que esse tipo de prato geralmente é mais gorduroso e pede um vinho estruturado.
 
Khátia indica as uvas Malbec e Cabernet Sauvignon e completa afirmando que, quanto mais gordurosa a carne, mais ácido e tânico deve ser o vinho para que haja boa harmonização.
 
Quem aprecia carnes diferentes das tradicionais, também tem boas opções de vinho. Locatelli afirma que os tintos envelhecidos, como o Merlot, vão bem com cordeiro ou carnes de caça.
 
Peixes
O peixe é uma carne magra e exige harmonização delicada, por isso o sommelier Rodrigo Sobral sugere o vinho branco para “não errar”. Já para acompanhar um bacalhau, Sobral indica um vinho verde. O salmão vai bem com vinho rosé.
 
Quando o peixe é acompanhado de molho, Locatelli sugere vinho Chardonnay envelhecido em barril de carvalho. O Sauvignon Blanc, com boa acidez e frescor, combina com molho a base de frutas.
 
Algumas substâncias do vinho tinto tendem a brigar com a carne de peixe e essa combinação pode deixar o paladar amargo. Caso seja impossível servir um vinho branco, os especialistas sugerem um vinho tinto de leve a médio corpo, como o Pinot Noir, para não estragar o almoço.
 
 
Vinhos são ótima escolha para acompanhar
almoço de Dia dos Pais
 
Massas
Nos almoços em família, as massas são comuns no cardápio. Neste caso, os sommeliers são unânimes ao dizer que o vinho ideal deve ser escolhido de acordo com o tipo de molho que acompanha o prato.
 
“Mas, em geral, posso dizer que os vinhos italianos combinam muito bem com massas”, afirma Locatelli.
 
Para o tradicional “à bolonhesa”, Locatelli indica tintos não tão pesados nem alcoólicos. Já para molhos cremosos, à base de creme de leite, o vinho branco tende a combinar mais.
 
Sobremesa
Para quem gosta de apreciar um bom vinho ao final da refeição, junto com a sobremesa, os especialistas também têm dicas importantes. Para as sobremesas com chocolate, a sommelière Khátia Martins sugere o famoso vinho do porto. “Especialmente com chocolate amargo, a combinação é maravilhosa”, afirma.
 
Tanto uma simples salada de frutas quanto uma opção mais requintada, como frutas flambadas, combinam bem com espumantes. “O vinho Moscatel, que tem uma produção de ótima qualidade aqui no Brasil, é minha sugestão”, diz Tiago Locatelli.
 
O Moscatel de Setúbal, vinho licoroso, combina com sobremesas à base de leite e ovos e, de acordo com Locatelli, fica excelente com o tradicional pudim de leite. Também para acompanhar o pudim, Sobral sugere vinho Madeira, com teor alcoólico mais elevado.
 
Por fim, Khátia também dá uma dica que diz ser infalível: se ainda estiver em dúvida, compre um espumante. “Além de ser um drinque para comemorações, a possibilidade do espumante não harmonizar com algum prato é pequena”, afirma a sommelière.
 
Fonte: G1
Voltar
  • Compartilhe
  • Compartilhar

Instagram

Facebook